Bipianas #1

Aprenda a chegar nos lugares. Mais do que isso, aprenda a sentir, saber se colocar e se movimentar dependendo do lugar que você está.

Desde a primeira vez que entrei no Bip-Bip senti algo bem diferente. Senti uma força de outro plano que me disse: “Vem sempre, menino!”. Senti uma necessidade de que deveria estar ali mais vezes, todas, se possível. Foi o que senti também, anos atrás, no bar Opção, do seu Ronaldo, lá em BH. Fico devendo um texto traçando as relações entre estes dois cenários, o bip e o opção, e seus donos, Alfredinho e seu Ronaldo.

Uma coisa que ambos fazem muito bem, e isso não é de forma alguma por acaso, é dar seus esporros, seus recados. E isso não é nada mais, nada menos do que o signo derradeiro, o aviso final aos desavisados. O esporro, não importando o conteúdo, diz sempre a mesma coisa: “Meu chapa, você não está em qualquer lugar. Você não está na sua casa, no seu quarto, num boteco sem dono, sem história, sem singularidade, portanto, respeite!”. Quando se chega nesses lugares se cruza uma fronteira. Há algo radicalmente estranho nesses bares. E compreendo muito bem porque várias pessoas não gostam de ir aí, já quase não chamo ninguém para me acompanhar no bip. E vejo vários problemas nesses bares, vejo coisas que não deviam acontecer e que acontecem. Mas essa experiência de viver um espaço que não é seu, que é radicalmente outro é algo muito poderoso e lindo. Dá uma tranquilidade, uma paz. Por isso vejo sempre minha relação com esses espaços no enquadre do sagrado. Saber que há transcendência, que algo não se reduz a sua percepção imediata é entender que o mundo é povoado por outras pessoas, outras regras, outras leis, outros sentimentos.  Meu amigo, sinta, não tente entender.

 

Anúncios
Published in: on 10/10/2011 at 02:46  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://obarseular.wordpress.com/2011/10/10/bipianas-1/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: