Medo de avião

(Esse texto, infelizmente vai soar muito Rubem Alves, mas não há o que fazer…)

Eu já tive medo de avião, hoje não tenho mais. O problema do avião é o mesmo problema do amor.

Logo quando o avião levanta do chão, o que a gente sempre acha que não vai ocorrer, saímos do mundo habitual, do nosso conforto ,  do  nosso cobertor quentinho. Esse mundo que conhecemos bem, no qual sabemos compreender palavras, sons, que um estímulo aqui significa aquilo lá. Isso não ocorre no avião, a gente não sabe como aquilo funciona e o que devemos fazer. Voar num avião é se submeter de forma completa e total ao desconhecido.

A sensação primeira é de impotência… e isso gera medo. Logo depois, se você assim quiser, verá com clareza e luminescência que essa impotência é a origem de uma grande tranquilidade. Caindo o avião, morre-se. Ponto. E você não precisa (nem pode) fazer nada.

Escrevo esse texto preparando-me para mais um vôo. Confesso que nunca achei que seria dessas pessoas que voam muito…sei lá, gosto muito de chão.

Um belo espécime de obssessivo que sou, venho, ao longo do tempo, tentando traçar as regras que me conduzem na vida e que me possibilitam saber o que é, o que foi e o que será. Essas coisas. No entanto, no avião… nada disso. Desisto.  Um exemplo bem simples disso é o seguinte: para nossos órgãos percepetivos, dois ou três minutos depois que o avião decola parece que ele está caindo. Isso porque nesse momento há uma desaceleração na subida, o avião que subia de forma mais acentuada diminui sua inclinação e achamos de fato que ele agora está deixando de subir, ou seja, caindo. Não, meu amigo, ele agora só sobe com uma inclinação menor.

A única coisa a fazer no avião é confiar.

É preciso pensar que o piloto gosta da vida, que é feliz. Que ele sabe para onde estamos indo. É preciso confiar nos pontos de origem e de destino, que essas cidades continuarão lá embaixo quando subimos e descemos. É preciso se submeter completamente a essa transcedência que é o amor, o avião.

Uma dica, para você que se desespera. Presta atenção nos comissários. Pois caso eles estejam com medo, aí sim, comece a se preocupar. Eles já conhecem o avião, o piloto, os estímulos…

Anúncios
Published in: on 13/11/2011 at 05:31  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://obarseular.wordpress.com/2011/11/13/medo-de-aviao/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: